quarta-feira, 21 de junho de 2017

Ascendino Leite

Meu rosto

Sou tão sincero no que faço
que penso: Deus me segue,
sorrindo e abençoando no pecado.

Sou tão sincero no que penso
que Deus me acompanha no passado,
- velho tributário do pecado.

Sou tão voraz por entre as coisas
que, não raro, com elas me confundo.
Daí que, fiel ao que elas são,

sei que Deus me abandona no que sou.
Como, então, não creditar
a Deus, Nosso Senhor,
a sorte de, a toda hora, ter desejos?

Ascendino Leite

(Ascendino Leite nasceu no dia 21 de Junho de 1915. Morreu em 2010.)

Sem comentários:

Publicar um comentário