quarta-feira, 19 de julho de 2017

Rosário Fusco

Edital de demissão e ponto

[...]
Meu caro poeta:
meta
a lira no cu
(mesmo que doa)
e vê se te aquieta. 


O mundo mudou tanto que
amanhã
a lua será lixeira à toa,
privada e refúgio da terra
emudecida,
seu Orfeu. 


Erra
quem pensa
que as palavras valem
hoje em dia
- pois a palavra é poesia
e a poesia morreu.

[...]

"Creme de Pérolas", Rosário Fusco

(Rosário Fusco nasceu no dia 19 de Julho de 1910. Morreu em 1997.)

Sem comentários:

Publicar um comentário