quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Alexandre O'Neill 7

Adolescência 1

Comemos pão com cebola e azeitonas,
subimos ao mais alto do rochedo.
Miss De Ramirez disse: - Estar cansada.
Então fizemos a padiola com ramos de fortuna
e descemos ao povoado, onde chegámos à noitinha.
Miss De Ramirez disse, ao apear-se:
- Homens portugueses ser fortes!
Passei então uma rasteira ao Guedes
(passa-se sempre uma rasteira ao Guedes),
enquanto murmurava: - São mas é amigos.
Alancar assim com Miss De Ramirez,
monte abaixo! E você aí, sua inglesa duma figa,
com uma perna postiça e a querer subir ao monte!
Só mesmo você, sua maluca!
E depois com essa idade!
O azul dos olhos pousou em mim
E Miss De Ramirez, suavemente, disse:
- Estou muito 'gradecida.
Que lhe havia de fazer, ao raio da mulher?
Agradecer o agradecimento, dizer:
- De nada.

"O Princípio de Utopia, o Princípio de Realidade", Alexandre O'Neill

(Alexandre O'Neill nasceu no dia 19 de Dezembro de 1924. Morreu em 1986.)

Sem comentários:

Publicar um comentário