domingo, 29 de janeiro de 2017

Francisco Xavier de Meneses

[...]
Conte a Poesia que por força, ou arte,
Nunca encontraste um ânimo invencível, 
E que rendeste a Júpiter, e Marte,
Para que a todo o Céu fosses terrível;
Que em quando quis vencer-te, em toda a parte
Vi que ao meu alvedrio era possível,
Mas se em meu peito introduzir-te deixo,
Não de ti, fero amor, de mim me queixo.
[...]

"Henriqueida. Poema Heróico", Francisco Xavier de Meneses

(Francisco Xavier de Meneses nasceu no dia 29 de Janeiro de 1673. Morreu em 1743.)

Sem comentários:

Publicar um comentário