quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Organizem-se, porra!

Foto Hernâni Von Doellinger

A Liga, os clubes, a Federação, as equipas B, o campeonato da primeira divisão, o campeonato da segunda divisão, a Taça de Portugal e a Taça da Cerveja: anda tudo bêbado. Afinal parece que o cancro do futebol português não é, como estava combinado, o criminoso quarto de hora perpetrado pelo FC Porto, a coberto da noite e por meio de estroncamento. E até daria jeito que fosse, porque era por ali que se cortava e, pronto, o país de letra pequena sossegava a pássara. Bater no FC Porto faz bem a Portugal. E faz bem à Bola, o jornal, e ao Correia da Manhã. Porém vai-se a ver e a merda é geral. Benfica, Sporting e Marítimo também se estão borrifando para a famigerada lei das 72 horas - diz uma "denúncia". Reparem: nada de anormal ressaltou nos registos oficiais. Os organizadores das provas nacionais não verificam nada - nem antes, nem durante, nem depois dos jogos. Foi uma "denúncia". Anónima e retardatária. Obviamente revanchista. Conclusão: a Liga e a Federação não sabem tomar conta do negócio. E A Bola e o Correio da Manhã também não.
Sempre quero ver - no fim disto tudo, se isto tudo tiver fim - quantos pontos vão perder a Federação e a Liga de Clubes.

E já agora: a selecção do Equador é, de facto, muito parecida com a selecção de Israel. Paulo Bento tem toda a razão: Equador e Israel, há lá coisa mais "similar"?
Depois da noite de ontem, tenho muito medo de Israel.

Sem comentários:

Publicar um comentário