quinta-feira, 26 de abril de 2012

Atenção a estes dois jovens turcos!

Há aí dois rapazes que estão a aparecer agora e que eu trago debaixo de olho. O alegado primeiro-ministro de Portugal também já os sinalizou, detectando-lhes logo o defeito essencial: aparecem muito. E ninguém sabe de onde é que eles apareceram! São atrevidos, são oferecidos, são penetras. Metem-se em casamentos e baptizados sem serem convidados, vão aos concursos de talentos da televisão, colam-se atrás dos repórteres da Sport TV à porta dos estádios e sobretudo - atenção, muita atenção! - têm a mania de "assumir protagonismo em datas especiais". Gostam de dar nas vistas.
Pedro Passos Coelho, recatado porém histórico estadista, com mais calo no cu do que o falecido macaco do Palácio de Cristal, emérito punheteiro, é que lhes vai fazer a folha. Os casamentos e baptizados não perdem pela demora, acabam em Portugal antes do Verão, só falta a nota de encomenda da troika, e é mais uma despesa que se desarrisca. A Sport TV passa a fazer reportagens sem som nem imagem, mas aqui com a desculpa do pedido de milhares de assinantes, entre os quais eu me incluo. E quanto aos feriados, que são "datas especiais" da pior espécie e os dias em que os dois jovens emplastros mais gostam de atacar, o assunto há que tempos que está a ser tratado. Quatro sabe-se que vão ao ar, se Deus quiser, e os outros, assim sozinhos, estão prontos a desistir.
Cá entre nós, convenhamos: o alegado primeiro-ministro de Portugal tem razão. Vamos lá pensar como deve ser, agora que passam dois minutos da meia-noite e tornámos à normalidade do 24 de Abril: mas há algum motivo para mantermos, por exemplo, um abcesso como o 25 de Abril no calendário nacional? Ainda por cima, só por causa de um Real Madrid-Bayern de Munique?

Sem comentários:

Publicar um comentário