sábado, 28 de abril de 2012

A problemática da "radicalização discursiva"

Jorge Moreira da Silva, secretário-geral adjunto do PSD, criticou, "com particular contundência"- atesta o jornal Público -, a recente "radicalização discursiva" do Partido Socialista. A "radicalização discursiva". Outro palerma adjunto do PS vai certamente responder-lhe à medida. Estes gajos não saem disto: das semânticas, dos eufemismos, dos ataques de faz de conta e dos tachos. Acham que o País é lá uma coisa entre eles, enquanto a conta (a conta deles) correr. O povo que se foda. Que se foda sem semânticas, sem eufemismos e sem tacho.

Sem comentários:

Publicar um comentário