segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Natal é como o homem quiser

Olhei para o céu, estava estrelado. Mandei para trás. Eu tinha pedido escalfado.

Sem comentários:

Publicar um comentário