segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Auta de Souza

Ao meu bom anjo

Dizem que a vida não é mais que um sonho,
Meu Deus, quero sonhar!
Empresta-me, anjo bom, as tuas asas,
Guarda no seio a minha fronte em brasas,
Ensina-me a rezar!


Vamos, vamos, além... foge comigo!
Procuremos bem longe um doce abrigo,
Na pátria dos arcanjos...
A vida é sonho e como um sonho passa...
Pois bem! vamos viver no Céu da graça,
Meu Deus, como dois anjos!


Quero fugir do mundo tenebroso,
Labirinto de dores...
Mensageiro divino, vem comigo,
Quero sonhar, viver, sorrir contigo,
No Éden há só flores!


Minh’alma, casta rola abandonada,
Desfalece sozinha pela estrada,
Não pode mais voar...
Empresta-lhe, anjo bom, as tuas asas:
Sinto estalar-me o coração em brasas,
Cansado de chorar.


Assim voando pelo espaço em fora
E vendo-te a meu lado a toda hora,
Quero - fugindo d’este mundo agreste,
Unida ao seio teu,
Embalada por ti, anjo celeste! -
Buscar meu ninho pelo azul do Céu!


Auta de Souza

(Auta de Souza nasceu no dia 12 de Serembro de 1876. Morreu em 1901.)

Sem comentários:

Publicar um comentário