terça-feira, 30 de maio de 2017

Theon Spanudis

Paisagem e tropos

[...]
o poema dos montes
o volume azulado
dos montes distantes

os montes gigantes
a testa dos montes
pétrea, firme

o basear-se, fundar-se
nas entranhas da terra
o sigilo das pedras
erguidas no alto

colunas e dedos
expostos nos cumes
áridos, acres
das solidões

a espera infinda
auscultando os minutos

o deslize das horas

o afundar-se no caos
profundo da noite
[...]

Theon Spanudis

(Theon Spanudis nasceu no dia 30 de Maio de 1915. Morreu em 1986.)

Sem comentários:

Publicar um comentário