terça-feira, 23 de outubro de 2018

Eneida de Moraes 3

Quis distrair-me, penetrar na conversa, tomar parte no assunto, não abandonar o amigo, prestar atenção às suas frases e opiniões, apoiá-lo ou divergir, mas nada consegui. Palavras que em qualquer outro momento me despertam e agitam - fome, miséria, injustiça, opressão, liberdade, direito, saúde, alegria - naquele instante eram fluidas, sem cor e ressonância. Minha vontade desaparecera ante a eloquência do apelo dos pés.

 Eneida de Moraes

(Eneida de Moraes nasceu no dia 23 de Outubro de 1904. Morreu em 1971.)

Sem comentários:

Publicar um comentário