quinta-feira, 17 de setembro de 2015

"Quatro notas sobre o debate"

O título está entre aspas porque não é meu, é do João Miguel Tavares, no Público digital de hoje. Mas eu queria era falar das minhas quatro notas, as minhas: a de cinco euros, a de dez euros, a de vinte euros e a de cinquenta euros que me dá quase para mês e meio. São as quatro notas que eu conheço, as notas que, nunca pior, me passam pelas mãos. Muito raramente, é verdade, o que me desgosta sobremaneira, estando o País já tão bem menos eu. Se calhar isto é que é o "ponto de Arquimedes", que tinha a mania de jogar para o empate e fodeu-se. E sobre o "debate" é o que se oferece dizer.

Sem comentários:

Publicar um comentário