quinta-feira, 21 de março de 2019

Valêncio Xavier 3

Subo a mão até os seios. Primeiro acaricio, aperto, poma total, redonda achatada como em todas as mulheres orientais. Depois só com a ponta dos dedos, acaricio o bico do seio, que sinto enrijecer. Então beijo, sugo, somente o úmido bico, enquanto minha mão desce, acaricia novamente a parca penugem. Meu dedo busca a greta ainda seca. Por si, sem que ela o toque, meu sexo enrijece.
Eu poderia beijar seu sexo, pequeno traço de poucos pêlos, mas não. Deito sobre ela. Meu sexo encontra seu caminho sem que ela auxilie com a mão. Penetro-a.

"O Mistério da Prostituta Japonesa", Valêncio Xavier

(Valêncio Xavier nasceu no dia 21 de Março de 1933. Morreu em 2008.)

Sem comentários:

Publicar um comentário