terça-feira, 28 de agosto de 2018

Sá de Miranda 6

Esparsa VII

Não vejo o rosto a ninguém,
Cuidais que são, e não são.
Sombras que não vão nem vêm
Parece que avante vão.
Entre o doente e o são
Mente cada passo a espia;
No meio do claro dia
Andais entre lobo e cão.


Sá de Miranda

(Sá de Miranda nasceu no dia 28 de Agosto de 1481. Morreu em 1558.)

Sem comentários:

Publicar um comentário