terça-feira, 20 de junho de 2017

Lincoln Feliciano

Penso que voltarás, minha querida,
Numa linda manhã de primavera
E que virás, de brincos reflorida,
Para que eu torne a ser quem dantes era.

Penso que voltarás e fico à espera
Dessa oportunidade prometida,
Que tanto adias para que a quimera
Tinja de ouro e de azul a minha vida.

Penso que voltarás... Olho a colina,
Por onde vem a estrada, em serpentina,
Lanhando o verde-escuro da amplidão,


Mas não te vejo e ponho, contrafeito,
As duas mãos no côncavo do peito,
Para que não me estoure o coração.


Lincoln Feliciano

(Lincoln Feliciano nasceu no dia 20 de Junho de 1893. Morreu em 1971.)

Sem comentários:

Publicar um comentário