domingo, 23 de outubro de 2016

A chaga do trabalho infantil, que é duas, aliás três

O trabalho infantil é uma tragédia, uma vergonha, se a criança ajudar no campo os pais pobres, para haver alguma comida em casa.
O trabalho infantil é muito bem, um orgulho, se a criança entrar numa telenovela ou se for modelo e der na televisão (esta parte da televisão é importantíssima!), enriquecendo os pais remediados.
Depois há ainda as crianças, estas são do piorio, que, órfãs de tudo, fazem sapatilhas de marca para as entrevistadoras e para os entrevistadores da televisão que entrevistam as crianças que entram nas telenovelas e nas passarelas e para os babados pais, que no fim pedem recibo.

P.S. - Parece que a diferença está nisto, segundo acabo de perceber no programa Sociedade Recreativa da RTP: os miúdos das telenovelas e da moda têm "agente"; os moncosos do campo e das fábricas, não...

Sem comentários:

Publicar um comentário