domingo, 11 de fevereiro de 2018

Cá está, a famosa montaria ao javali de Fafe

Discotecas à parte, Fafe é uma terra livre de armas nucleares e muito amiguinha dos animais, coitadinhos. Neste fim-de-semana foi a fofura da XI Exposição Canina Nacional, no próximo dia 24 de Fevereiro será a tão ancestral Montaria ao Javali, que, exactamente por ser ancestralíssima, vem desde tempos imemoriais e por isso não há números romanos que cheguem para a catalogar.
O programa da montaria promete, com particular destaque para o estacionamento gratuito e para o pequeno-almoço servido na cantina da Câmara Muncipal, às nove da manhã em ponto, por causa do fotógrafo.
Como toda a gente sabe, javalis em Fafe são mato, tais como, também nomeadamente, ursos tintos e morsas desdentadas nos glaciares da Lameira, tubarões-grilos na barragem de Queimadela, camarões-tigres no rio de Pardelhas e crocodilos insones no lago do Jardim do Calvário. Importante: determinado por edital camarário, todos os javalis devem apresentar-se à montaria obrigatoriamente vestindo colete reflector, não vá passarem desapercebidos aos caçadores de carregar pela boca.
A Câmara de Fafe, que tem vergonha da Justiça de Fafe, organiza também corridas de cavalos a passo travado, chegas de bois, largadas de perdizes previamente tontas, e neste caso as perdizes concorrentes só são admitidas à matança se usarem capacete, para além de batidas à raposa, não sei quais são as superiores ordens autárquicas quanto a estas...
Outra informação sobre a montaria ao javali de Fafe, aqui.

Sem comentários:

Publicar um comentário