quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Aurolina Araújo de Castro

Lembrando
Manaus tranquila
tinha ainda
provinciana fisionomia.
 
O sol forte ardia na pele.
 
O bonde,
Abarrotado de gente,
Nos trilhos cantava
a melodia solta
na garganta da tarde,
brilhando em duas longas
paralelas de aço.


"O Lago e Outros Poemas", Aurolina Araújo de Castro

(Aurolina Araújo de Castro nasceu no dia 23 de Fevereiro de 1933. Morreu em 2004.)

Sem comentários:

Publicar um comentário