quinta-feira, 24 de julho de 2014

Universitário, mas pouco

                                                                                        Foto Hernâni Von Doellinger

Porto e Matosinhos acolhem por estes dias o 7.º Campeonato Mundial Universitário de Voleibol de Praia. Os cartazes avisam que a entrada para o público é "gratuíta". E avisam mal. Porque as palavras "gratuíto" ou "gratuíta" não existem na língua portuguesa. Existem por acaso duas palavras muito parecidas - gratuito e gratuita -, mas não sei se era a isso que os doutos se referiam.
Se era, façam então o favor de tomar nota: é gratuita que se escreve e é gra-tui-ta que se diz ou lê. Escrever "gratuíta" e dizer ou ler gra-tu-í-ta é, tipo, asneira. E da grossa.

Sem comentários:

Publicar um comentário