quarta-feira, 20 de março de 2019

Olho por olho

Hortaliça comprada nas farmácias é 25 por cento mais barata do que nos hipermercados. Latas de salsichas de seis unidades com 50 por cento de desconto e uma embalagem grátis de supositórios para a tosse.

Só destes, tenho sete 67

Foto Hernâni Von Doellinger

Reinaldo Ferreira 3

Receita para fazer um herói

Tome-se um homem,
Feito de nada, como nós,
E em tamanho natural.
Embeba-se-lhe a carne,
Lentamente,
Duma certeza aguda, irracional,
Intensa como o ódio ou como a fome.
Depois, perto do fim,
Agite-se um pendão
E toque-se um clarim.

Serve-se morto.


"Um Voo Cego a Nada", Reinaldo Ferreira

(Reinaldo Ferreira nasceu no dia 20 de Março de 1922. Morreu em 1959.)

Interlúdio fotográfico 84

Foto Hernâni Von Doellinger

Ilse Losa 6

Cântico da mulher grávida

Mexes-te no meu ventre. Estarás satisfeito ou impaciente, meu filho? Quem me dera saber!
Serás belo, belo como o teu pai. Terás o corpo esbelto como os pinheiros nos montes e os olhos meigos como as corças da floresta.
A tua bondade será cristalina como a água das fontes e a tua inteligência vigorosa como a brisa que vem do mar.
Mas ai! se não fores perfeito?...Ai! se te faltarem as mãos, um braço, ou a luz dos olhos?...Ai! se te olharem com desprezo ou com fingida piedade...
Chorarei então, meu filho, mas amar-te-ei ainda mais. O meu coração só velará por ti e encontrará sempre palavras para te confortar.
Plantei no meu jardim macieiras, pessegueiros, graminha verde, flores garridas.
Procurei enfeites de cor e de alegria, agasalhos macios, tecidos leves e transparentes.
Meu filho, como eu te amo já! Como quero a tua felicidade! Hei-de ensinar-te lindos versos; inventar histórias maravilhosas e embalar-te com as mais doces canções.
Doem-me os seios! Dor abençoada! É o leite que tu beberás!
Brilha sol! Abri-vos rosas! Macieiras, pessegueiros, árvores todas do meu jardim, flori!
Pássaros, cantai! Rasgai a terra, águas das fontes! Alma, coração, rejubilai!
O meu filho vai nascer!

Ilse Losa

(Ilse Losa nasceu no dia 20 de Março de 1913. Morreu em 2006.)

Pescador, se Deus quiser...

Foto Hernâni Von Doellinger

Menotti del Picchia 5

Noite

As casas fecham as pálpebras das janelas e dormem.
Todos os rumores são postos em surdina,
todas as luzes se apagam.

Há um grande aparato de câmara funerária
na paisagem do mundo.

Os homens ficam rígidos,
tomam a posição horizontal
e ensaiam o próprio cadáver.

Cada leito é a maquete de um túmulo.
Cada sono em ensaio de morte.

No cemitério da treva
tudo morre provisoriamente.


Menotti del Picchia

(Menotti del Picchia nasceu no dia 20 de Março de 1892. Morreu em 1988.)