sábado, 6 de outubro de 2012

Eu quero uma república das bananas. E do pão.

A questão foi pertinentemente colocada numa reportagem da TVI24. Que República queremos ter? Se me perguntassem a mim - mas a mim só me perguntam o caminho para o IKEA -, eu tinha a resposta na ponta da língua: quero uma república das bananas. E das maçãs e dos pêssegos, do pão e do carapau, do frango de aviário e do leite, da massa de cotovelo e da água. Uma república republicana, com comida na mesa, até na mesa dos trabalhadores. E com trabalho para os trabalhadores. E com gente séria no Governo. E com um presidente que seja da República e deste mundo.
É decerto por ter estas ideias malucas que ninguém me pergunta nada, a não ser o caminho para o IKEA. Só os galegos é que querem saber a minha opinião.

Sem comentários:

Publicar um comentário