domingo, 25 de março de 2018

Mário Peixoto 3

Presa à trapezista, Lia deixou escapar, como prolongando meu eco:
- E a gente não conseguir um pingo do outro, nem quando o possui!!!
Sacudiu a mão cerrada com a razão dentro:
- Isso é que desespera! - explicou exaltada - procura-se como quem cava, chega-se sempre quase!… mas qual! Com você não é assim?


"O Inútil de Cada Um", Mário Peixoto

(Mário Peixoto nasceu no dia 25 de Março de 1908. Morreu em 1992.)

Sem comentários:

Publicar um comentário