terça-feira, 10 de novembro de 2020

Microcontos & outras miudezas 228

Somente às refeições
Por indicação médica, bebia apenas às refeições. E comia de manhã à noite.

Amor é fogo que hard
Querem saber como é que acabou aquele casamento que parecia tão bem? - Acentuado arrefecimento nocturno...

As encomendas como as bombas
As encomendas agora chegam-nos a casa sozinhas no elevador. Como as bombas. Nos filmes.

Às moscas
As salas de cinema estão às moscas - dizem. Realmente a limpeza já não é o que era. 

Eram uns atrás dos outros...
Quartilhos. Depois de três ou quatro, ou cinco ou seis, bebia-se o último, depois o da porta e depois o da sossega e depois o da saída e depois o último e depois o da porta e depois o da sossega e depois o da saída e assim sucessivamente...

A verdade, só a verdade, nada mais do que a verdade
Posso provar tudo o que digo! - garantia solenemente, colocando a mão ajuramentada sobre a Bíblia. E afinal que dizia ele, assim de maneira tão melodramática? Pois dizia, nomeadamente, arroz de sarrabulho, cabrito assado no forno, vitela à moda de Fafe, camarãozinho da costa, cozido à portuguesa, filetes de peixe-galo com arroz de feijão vermelho e grelos, polvo de molho verde, bacalhau assado na brasa ou massa à lavrador. Factos, tudo factos.

Sem comentários:

Publicar um comentário