quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Cavaco Silva e o BPN

Apenas uma efeméride: no dia 11 de Novembro de 2008, faz portanto hoje a conta certa de uma dúzia de anos, o então Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, anunciou a promulgação do diploma que nacionalizava o Banco Português de Negócios, argumentando que teve em conta a "protecção dos depositantes e a estabilidade do sistema financeiro". Pois. Para além de outras manigâncias e manifestos crimes, a ponderada nacionalização do BPN já sacou ao bolso dos portugueses mais de cinco mil milhões de euros. E continua a contar...

Sem comentários:

Publicar um comentário