quinta-feira, 25 de abril de 2019

José Ángel Valente 5

Anceio.

O verbo crea o movimento
da luz no fondo
das marguradas augas.

Mañán,
non pouses inda
os teus paxaros louros
no meu peito ferido.

"Cántigas de Alén", José Ángel Valente 

(José Ángel Valente nasceu no dia 25 de Abril de 1919. Morreu em 2000.)

Sem comentários:

Publicar um comentário