quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Luiz Ruas 3

Descoberta

foi no tempo do luar pois não existe sol
no velho parque - tempo não maduro -
que encontrei o sempiterno clown.
queria ver-lhe a face. e sua face
era imenso lago azul parado
onde a lua se repetia. lua.
queria ver seu corpo - um chafariz
era seu corpo de barro modelado
aljofrando de estrelas e de pérolas
o céu e o chão banhados em azul.
apenas vi o velho clown beijando
uma boneca. e beijando-a chorava.
e ria ao mesmo tempo que
o destino dos palhaços é fundir
à luz da lua o alegre riso e o triste pranto.


e vendo ser inútil o meu esforço
de descobrir integralmente o clown
eu suplicante lhe falei assim

[...]

"Aparição do Clown", Luiz Ruas

(Luiz Ruas nasceu no dia 28 de Novembro de 1931. Morreu em 2000.)

Sem comentários:

Publicar um comentário