sexta-feira, 27 de julho de 2018

Microcontos & outras miudezas 94

A vida é breve, a morte semifusa
Sabem: quando se acorda com aquela canção, aquela música na cabeça que nos embala o dia inteiro? Isso. Acordei com Adeste fideles na cabeça. Acordei e olhei para o rádio-relógio-despertador, quatro da manhã. O rádio-relógio-despertador riu-se de mim, que eu bem vi. Fui à cozinha beber um copo de água e conferir o calendário, 17 de Julho de 2018. O calendário riu-se de mim, tenho provas. Foda-se! Já nem o Natal é quando um homem quiser.

Pedro Tadeu pergunta
O jornalista Pedro Tadeu pergunta no DN: "Um comunista não pode ser rico?". Podes, Pedro.

Um espetáculo para espetadores
No Teatro Constantino Nery, em Matosinhos, um espectáculo para bebés. Um espectáculo que é um espetáculo, segundo leio no sítio da autarquia, portanto um espectáculo pontiagudo, afiado, evidentemente penetrante, uma arma branca para os devidos efeitos legais, isto num tempo em que todos os cuidados são poucos até com os brinquedos.
O espectáculo é anunciado para bebés, mas o título é para adultos. Cultos. O espectáculo chama-se "Qual o Sentido dos Sentidos?", e quem estiver mal que se mude. (Fraldas ecológicas serão distribuídas gratuitamente à entrada). Para bebés, o título do espectáculo andaria à volta de, se não me engano, "Galhagalhagalhagalha..."

Está dito!
Estou como diz o outro.

Tata
Há fri cá
Nel
son Man
dela

Ilha do Coral
A Ilha do Coral é mundialmente famosa sobretudo por causa do seu magnífico orfeão. 

Sem comentários:

Publicar um comentário