sábado, 17 de fevereiro de 2018

Maria Braga Horta 2

Antiflor

Caule esdrúxulo, gerado
sem ventre. Crisol de verdes
espadas, sem punho e gume,
erguidas do escuro estrume
sem o orgasmo das sementes:
(grande mistério o de seres
vivente por recriado
de fibras remanescentes!)
- por que mistério ainda cirzes
a terra, tão bem cerzida,
com tuas finas raízes?
- por quê, sem fonte de amor,
vives (eterna antivida!)
se serás sempre antiflor?

"Caminho de Estrelas", Maria Braga Horta

(Maria Braga Horta nasceu no dia 17 de Fevereiro de 1913. Morreu em 1980.)

Sem comentários:

Publicar um comentário