terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Manuel Roel

Un verdadeiro Xán

Naceu, puxéronlle Xán;
medrou, e Xán seguiu sendo;
casou, seguiu sendo Xán,
i-en Xán rematou, morrendo.
Meterono na burata,
taparono con terrós,
e um epitáfio decindo:
"Nunca tivo pantalós".

Manuel Roel

(Manuel Roel nasceu no dia 4 de Janeiro de 1898. Morreu no dia 20 de Fevereiro de 1968.)

Sem comentários:

Publicar um comentário