sábado, 27 de janeiro de 2018

Eduardo Teófilo

E as mulheres bailam de roda dos homens, atiram-se-lhes para a frente, chegam-se-lhes, afastam-se-lhes, requebrando os rins, remexendo o ventre, numa fúria cada vez maior, numa dança de amor, talvez. Algumas trazem os filhos de mama, enrolados nos panos, às costas. As crianças dormem e as mães bailam. E elas parece começarem já a apreciar a dança por instinto, por sugestão, embaladas no seu sono pelos requebros e meneios das costas balançando.

"Quando o Dia Chegar", Eduardo Teófilo

 (Eduardo Teófilo nasceu em 1923. Morreu em 1980.)

Sem comentários:

Publicar um comentário