domingo, 26 de novembro de 2017

Dario Veloso 2

Paredra 

Vênus pagã, olhos de sete-estrelo,
A cabeleira rútila fulgindo...
Amei-te!... Amor, nos olhos tens fulgindo,
Volúpia; luz o sol de teu cabelo.

A luxúria findou. Astro maldito,
Rolei do azul aos pélagos hiantes...
Procurava a minha alma... Além, distantes,
Lótus colhi nos édens do Infinito.

Morreste. Ao vale da Sombra, compungido,
Boa que foras para meus delírios,
Levei teu nobre coração partido.

Só então, osculando o altar de pedra,
À luz morrente de funéreos círios,

Tua alma ouvi... - a minha Irmã, Paredra.

Dario Veloso 

(Dario Veloso nasceu no dia 26 de Novembro de 1869. Morreu em 1937.)

Sem comentários:

Publicar um comentário