quinta-feira, 23 de março de 2017

Paulo Cardoso Dias

O milagre 

Eu sinto dentro do peito
As batidas de um pilão
Que martelam devagar
Triturando cada grão
Cobrindo de ouro vivo
As bordas do coração

Barra de avental
Tão florido de chitão
Que minha mãe sempre usava
No tempo de gestação
Era forma de dizer
Que vinha mais um varão

Tentando conter as lágrimas
Enxugando-as com a mão
Fazia do pão de milho
Uma simples divisão
Distribuindo conosco
Sete fatias de pão.

Paulo Cardoso Dias

(Paulo Cardoso Dias nasceu no dia 23 de Março de 1939. Morreu em 2002.)

Sem comentários:

Publicar um comentário