domingo, 19 de junho de 2016

Affonso Ávila

Arte de furtar

O poeta declarou que toda criação é tributária de outras criações no permanente processo de linguagem da poesia
O poeta afirmou que todo criador é tributário de outros no processo de linguagem da poesia
O poeta se confessou um criador tributário de outros na linguagem de sua poesia
O poeta não esconde que sua poesia é tributária da linguagem de outros criadores
O poeta não esconde que sua poesia é influenciada pela linguagem de outros criadores
O poeta não faz segredo de que se utiliza da linguagem de outros poetas
O poeta fala abertamente que se apropria da linguagem de outros poetas
O poeta é um deslavado apropriador de linguagens
O POETA É UM PLAGIÁRIO 

"O Discurso da Difamação do Poeta", Affonso Ávila

(Affonso Ávila nasceu no dia 19 de Junho de 1928. Morreu em 2012.)

Sem comentários:

Publicar um comentário