sábado, 30 de abril de 2016

Carlos Lacerda

A rua descia para os dois lados. Correndo, tomou o lado contrário ao habitual. Dobrando esquinas desconhecidas, com um galope no coração, foi parar numa praça enorme. Aí sentiu o primeiro vento da aventura e da liberdade fustigando o rosto. Sentia-se herói, sem exagero nenhum. Um bonde, lento, pesado, rinxando, o trouxe à cidade. Foi ver os cartazes dos cinemas, as vitrinas das lojas, as caras dos passantes. Visitou uma exposição de automóveis, donde levou prospectos com condições de comprar uma soberba limusine que nem em sonhos o tentava. Era apenas o prazer dos prospectos.

"21 Contos Inéditos de Carlos Lacerda", Carlos Lacerda

(Carlos Lacerda nasceu no dia 30 de Abril de 1914. Morreu em 1977.)

Sem comentários:

Publicar um comentário