domingo, 24 de maio de 2015

Os simples à hora dos telejornais

António Marinho e Pinto abriu esta manhã os trabalhos da Assembleia Nacional de Filiados do Partido Democrático Republicano (PDR) homenageando a simplicidade, conta o jornal Público. Cai-me bem isto de chamarem "trabalhos" a uma coisa que é só conversa. O PDR (como, aqui há uns anos, o PRD) não é como os outros. "Quem espera espectáculo, engana-se, vamos trabalhar", disse o líder que antes de o ser já o era.
"É ao fim da tarde, à hora dos telejornais, que o líder do PDR fará o que ele próprio definiu, ao Público, como uma declaração política importante."
À hora dos telejornais exactamente. Porque Marinho e Pinto e o PDR não querem espectáculo.

Sem comentários:

Publicar um comentário