sábado, 17 de janeiro de 2015

É preciso ter azar

No dia em que Quitério se decidiu finalmente atirar-se de cabeça na piscina vazia, a piscina estava cheia. Quitério ficou como um pito. E resolveu, dali para a frente: as grandes decisões, as decisões definitivas, devem ser tomadas em cuecas.

Sem comentários:

Publicar um comentário