quinta-feira, 14 de março de 2013

Castro Alves

Quebre-se o cetro do Papa,
Faça-se dele - uma cruz!
A púrpura sirva ao povo
Pra cobrir os ombros nus,
Que aos gritos do Niagara
- Sem escravos, - Guanabara
Se eleve ao fulgor dos sóis!
Banhem-se em luz os prostíbulos,
E das lascas dos patíbulos
Erga-se a estátua aos heróis!


"O Século", Castro Alves

(Castro Alves - Poeta dos Escravos - nasceu no dia 14 de Março de 1847. Morreu em 1871. Tinha 24 anos.)

Sem comentários:

Publicar um comentário