quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Organizem-se!

Passos Coelho recebeu hoje a TVI. Era um entrevista. Durante a qual o alegado primeiro-ministro relegou oficialmente Paulo Portas, o líder do partido parceiro de coligação, para a terceira posição do Governo. Por mais do que uma vez, Passos disse que o seu número dois é Vítor Gaspar, o incompetentíssimo ministro das Finanças. Mas não é. O Gaspar de Bruxelas é que é o número um do Governo. O número um, para mal dos nossos pecados. E o Passos é um mero chegamisso do Gaspar. Passos é um lamentável número de circo. Uma aberração. Não sabe sequer contar até três. E por causa destes gajos nunca acertarem com os números (nem sequer com os números uns dos outros) é que o Portugal do rés-do-chão está feito num oito.

Outra coisa: se o Portas vai engolir mais esta? Por acaso acho que não. Em Paulo Portas, o patriotismo tem o seu lugar, mas a vaidade ocupa um quarteirão.

Sem comentários:

Publicar um comentário