sábado, 1 de outubro de 2011

Manifesto

Depois de ter dado o corpo ao manifesto, Asdrúbal arrependeu-se e pediu-o de volta. Já foi tarde. Quem dá e volta a tirar ao inferno vai parar.

Sem comentários:

Publicar um comentário