quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Dá-me a tua camisola

Meio-dia. Hora do Angelus dominical na Praça de São Pedro, quase completamente cheia. É uma das melhores casas da época. No meio da multidão de freirinhas, jovens padres, padres reformados, falsos padres, carteiristas, japoneses de máquinas fotográficas, polícias, tarados sexuais no roço, a claque ultra do Santos Futebol Clube, vendedores de raspadinhas benzidas, católicos mais ou menos indiferenciados e sérios, uma excursão de Oliveira de Azeméis e hippies retardatários, há uma cartolina que se agita no ar, em direcção à janela papal. Está escrito: "Bento - 16 - Dá-me a tua camisola".

Sem comentários:

Publicar um comentário