terça-feira, 5 de julho de 2011

Profundo 3

Todo o homem tem um preço. Em euros e em escudos.

Sem comentários:

Publicar um comentário